Como ajudar as crianças a enfrentarem o isolamento social
Postado em 22 de junho de 2021

Para lidar com o momento de pandemia, o Centro Educacional de Andradina (CEA) realizou diversas adaptações em sua infraestrutura, de forma a garantir total proteção aos estudantes. Apesar disso, quando as medidas restritivas recomendam o isolamento social e as aulas passam a ser exclusivamente on-line, é necessário que os pais e responsáveis atentem-se às necessidades que as crianças têm além do ensino.

O isolamento social pode provocar momentos de estresse a qualquer indivíduo, inclusive a crianças e adolescentes. Enfrentar uma rotina que impede o contato com os amigos, as brincadeiras em grupo e algumas das principais opções de lazer pode ser difícil de aceitar, mas é importante que a família enfrente esse momento junta para encontrar formas de ajudarem uns aos outros.

Para ajudar as crianças, os adultos devem ser participativos, tanto nas horas de aprendizado quanto nos momentos de lazer. Por isso, sempre ofereça ajuda ao seu filho quando ele estiver fazendo a lição de casa. Você não precisa necessariamente saber resolver os problemas da lição. O fato de estar presente fará com que a criança se sinta mais motivada em realizar as atividades de cada disciplina.

Diante das situações adversas que a pandemia impõe, você também pode contribuir para que as coisas sejam mais leves no convívio com seus filhos ao propor e participar de brincadeiras com eles. Experimente deixar que eles lhe mostrem os seus videogames favoritos enquanto você lhes apresenta as suas brincadeiras de infância. Esse é o momento para lembrar que a diversão pode estar em qualquer lugar, inclusive dentro de casa.